sábado , Fevereiro 24 2018
Home / Tratamentos / Reverter quadros de alcoolismo e dependência química exige equipe qualificada

Reverter quadros de alcoolismo e dependência química exige equipe qualificada

 

Estudos da Organização Mundial da Saúde indicam que de 10 a 15% da população mundial sofre de dependência química. O alcoolismo, ao contrário do que se imagina, também é doença e  precisa de tratamento. Reverter o quadro de alcoolismo requer acompanhamento médico e o tratamento ainda não está disponível pelo sistema público de saúde.

E sabemos que faz toda a diferença para o paciente um tratamento adequado, eficiente e com equipe qualificada. Para isso, existem clínicas de reabilitação, privadas.

É preciso buscar soluções eficazes que deveriam notar as reais necessidades de saúde dos dependentes sem estigma nem discriminação.

A família precisa de suporte para saber lidar com a situação e como tomar as devidas providências quando decide procurar tratamento.  Em São Paulo, por exemplo, a Capital Remoções é uma empresa especializada em remoção e internação de dependentes químicos e alcoólatras. A empresa acompanha de perto todas as clínicas de reabilitação em São Paulo para proporcionar um a reabilitação adequada.

E para as famílias que ainda não sabem, há planos de saúde que já custeiam os tratamentos de reabilitação. É importante consultar o seu convênio.
Visitar a clínica que irá cuidar do tratamento do seu familiar também é fundamental.

 

Crédito da foto: Free Image- Pixabay

Comentários

Sobre Jaqueline Falcão

Jaqueline Falcão
Jornalista por paixão e formação, Jaqueline Falcão escreve sobre saúde desde 2001. Começou no Diário Popular como repórter, foi editora de Saúde do Diário de São Paulo. Depois, foi transferida para o jornal O Globo, sucursal São Paulo, onde permaneceu por 7 anos. A ideia de criar o "Página da Saúde", voltado para falar de tratamentos, descobertas da medicina, qualidade de vida, foi a vontade de ter mais liberdade para falar saúde em seus diversos aspectos para pessoas que cada vez mais buscam informação de credibilidade. E para isso está sempre em coletivas, seminários e congressos médicos para trazer as novidades. Na Europa e Estados Unidos, participou de coberturas em congressos e seminários sobre os temas tabagismo, câncer, esclerose múltipla, pesquisa clínica, saúde masculina, saúde feminina, depressão, vacinas e patentes. Entre os cursos e workshops na área de jornalismo de saúde, destaque para ressuscitação cardiopulmonar, infarto, câncer de pele, tabagismo, pesquisas clínicas no Brasil e no Mundo, lançamentos de novas classes de medicamentos, realizados em instituições como Hospital Israelita Albert Einstein, Hospital Sírio-Libanês, Hospital das Clínicas, Universidade de São Paulo, Unicamp, Tufts University (Boston - EUA), UC San Diego, Inter American Press Association (IAPA) e Massachusetts Institute of Technology (MIT).

Veja Também

Empresas brasileiras participam de feira de produtos médicos em Dubai

Empresas brasileiras vão participar pelo 15º ano da Arab Health, feira reconhecida como a segunda …